terça-feira, 23 de março de 2010

Ah, de novo não!

Eu acordei super cedo, fui pra clínica pra passar a manhã toda lá por causa de um exame, não tem como ficar feliz com isso, né? E depois da historinha do bolinho de 40g por R$ 7, 49 e de eu achar que o supermercado Extra queria ficar com meu dinheiro agora era a Coca-Cola que tava me roubando. Com o pensamento de que para piorar o dia só mesmo se o dinheiro ficasse preso na máquina lá fui eu comprar o refrigerante, coloquei a nota e apertei o botão, mas cadê meu Sprite??? É impressionante como meu pensamento negativo tem poder e quando estou de mau humor ele é infalível.

Fui então explicar o caso pra recepcionista, aí ela diz que vai chamar um rapaz pra me ajudar. O rapaz chega lá e faz tudo o que eu tinha feito e diz que não tem jeito a lata ficou presa e que a recepcionista vai me devolver o dinheiro. Volto na recepcionista e ela diz "-Não devolvemos dinheiro da máquina de refrigerante."  Legal né? Ela diz que a máquina não tem a ver com a clínica (mesmo estando numa área que é deles).

Acho que minha revolta ainda era por causa daquele bolinho, eu já somava tudo R$ 7, 49 por um bolinho de 40g mais R$ 2,00 por uma lata de refrigerante que não bebi!

Fui lá chamar minha madrinha pra que reclamássemos juntas. Ela foi até a recepcionista e contou de novo o caso, ela disse que a máquina era da Coca-Cola, que só eles poderiam abri-la, que a máquina não fazia parte da clínica, etc. Mas, ela foi novamente falar com alguém, enquanto eu falava pra minha madrinha que tudo acabaria como a história do bolinho de R$ 7,49, eles ficam com dinheiro e a gente com a cara de idiota. Mas, veio outra funcionária que foi até a máquina perguntou qual o refrigerante eu tinha pedido colocou o dinheiro e nos deu o Sprite. A outra lata que teria ficado presa não saiu e por isso tive a leve impressão de que a mulher olhou pra mim com uma cara de "Você é trambiqueira!"

Um comentário:

  1. A gente tem de desconfiar de tudo e de todos. Não gosto dessas máquinas, confiro o troco 20 vezes na frente da pessoa e por aí vai. Temos de ser neuróticos mesmos!!

    ResponderExcluir